Um adeus doloroso

segunda-feira, 17 de julho de 2017
Foto pessoal, favor não reproduzir
Estou escrevendo enquanto as lágrimas lavam o meu rosto. Eu não ia vir aqui tão cedo fazer um post porque a cada vez que eu olho pra uma foto dele meu coração se quebra mais um pouco, principalmente porque o último post que escrevi foi sobre as coisas que eu aprendi com ele. Mas eu precisava escrever sobre isso, precisava me despedir. Porque eu não tive tempo de me despedir dele.

Ontem meu gatinho virou estrelinha e eu não tô sabendo lidar com isso. E o mais doloroso foi a forma como ele morreu. Meu pai atropelou ele quando ia estacionar o carro na garagem. Ele se assustou com o barulho e correu pra baixo do carro. 😢

E eu nem estava em casa. Estava na casa do meu noivo com o meu irmão, meu pai estava sozinho na hora. A minha mãe está viajando pra roça e só volta no sábado, vai ser muito difícil dar a notícia pra ela. Não sei quem está mais arrasado aqui em casa. 

Vai ser difícil acostumar com a ausência do Pipoca, ele era tão carinhoso e companheiro. Ele vai fazer tanta falta! Em cada canto que eu olho me lembro dele. 

Eu estava sabendo lidar com a morte dele até dar a hora de dormir, que era quando ele vinha correndo deitar na minha cama pra dormir comigo. Eu entrei no quarto, vi o vazio onde ficava sua vasilha de comida e desabei. A gente nunca está preparado pra perder um bichinho de estimação.

O Pipoca foi um dos amores mais puros que já recebi na vida, principalmente porque fui eu quem resgatou ele da rua.

Eu nunca soube lidar com despedidas e perdas. Eu simplesmente me fecho e me isolo de tudo. Não sei o que fazer nesse momento, mas preciso de um tempo pra viver meu luto.

Volto quando puder.

Foto pessoal, favor não reproduzir

11 comentários:

  1. Sinto muito pela sua perda, Carol.
    Não imagino o quanto deve doer, mas também tenho uma gatinha e acho que morreria se algo acontecesse com ela...
    Espero que encontre algum conforto nessa hora difícil. Você tem meu abraço (mesmo que virtual).

    Um beijo

    ResponderExcluir
  2. Nossa, imagino sua dor. Quando qualquer bichinho meu morreu, é uma dor que parece irreparável, que é apenas amenizada com o tempo, mas nunca curada. Cada um possui um pedacinho especial dentro de nós e que jamais esqueceremos. Espero que o tempo possa amenizar sua dor! Tente ficar bem!

    ResponderExcluir
  3. Normal chorar com esse post? Eu sou muito emotiva com essas coisas. Perdi uma gatinha minha fazem 2 anos, ela simplesmente desapareceu. Não sei se está viva, morta, se está em uma casa que a amem ou na rua passando frio, eu simplesmente não sei. Um dia ela estava lá e no seguinte desapareceu, pelo menos ainda sobrou a Cristal, uma que compartilho muito amor ❤ Eu sei que é difícil, que deus te conforte. Realmente, tire um tempo para melhorar.

    ResponderExcluir
  4. Poxa, sinto muito por sua perda. Eu também fico sentida com isso, mas infelizmente temos que saber lidar. Te desejo muita força e rezarei por ti! Tudo ficará bem.

    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  5. Ai Carol quando vi o titulo do post já fiquei truste e agora lendo sua despedida estou arrasada.
    Sei como é a dor de perder um bichinho, nada substitui e nada que a gente ouça ameniza a dor. Desejo de coração que vc se recupere e carregue o Pipoca no coração com todos os momentos bons que viveram juntos. Ele virou uma estrelinha linda e tenho ctza que vai olhar por vc da onde estiver =(
    força amiga

    ResponderExcluir
  6. Aaah, sinto muito Carol :(
    é horrível mesmo, eles nos ensinam tantas coisas e o mais importante: nos ensinam a amar mais, cuidar mais, e fazendo muita falta quando vão... :/

    ResponderExcluir
  7. Ai :(
    A gente sempre sofre horrores quando nossos animais de estimação nos deixam. Aprendemos com eles um amor que jamais aprenderíamos com pessoas, além de um companheirismo sem igual. Eles são definitivamente anjos em nossas vidas.
    Espero que você possa ficar bem logo ♥

    ResponderExcluir
  8. Eu vi você comentando no Twitter e fiquei super triste. Nossos animais de estimação fazem parte da família, né? Sinto muito pela sua perda, de verdade.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  9. Que coisa triste... e o pior é foi por um acidente! Eu tenho um gatinho desde o começo do ano, e nem consigo pensar o quão triste eu ficaria se algo acontecesse com ele :'( Animais de estimação conquistam nossos coração de um jeito inimaginável... lamento muito! </3 volte quando estiver melhor!

    ResponderExcluir
  10. Ah Carol, eu sinto muito, muitíssimo! Eu sei o quanto é dolorosa a perda de um animalzinho na família. Lá em casa tratamos nossos cães como filhos mesmo, membro de sangue da família. Espero muito que você se recupere. Pipoca está num lugar lindo e só te esperando pra reencontrar. Quando penso nisso eu me sinto um pouco mais confortada. A saudade sempre fica, mas deixa de apertar e torna-se um quentinho no coração. Espero que te conforte também. <3

    ResponderExcluir
  11. Caramba, eu tinha vindo aqui outro dia e achado super fofo o post sobre ele :(
    Eu to realmente triste de saber disso que aconteceu, espero que você tenha muita muita força, e também espero, de alguma forma, ele esteja bem em algum lugar. Sério, desejo toda energia positiva pra vocês agora.

    ResponderExcluir