BEDA #9 ♡ Finalmente resolvi fazer a minha TBR Book Jar

quarta-feira, 9 de agosto de 2017
Chega uma hora em que é preciso reconhecer que passamos dos limites, não é mesmo? E cá estou eu constatando que tenho mais livros não lidos na minha estante do que livros lidos e confesso que fiquei um pouco assustada com isso.

Para quem não sabe esse blog começou sendo um blog literário (até ser hackeado e eu ter que recomeçar do zero) e a minha rotina de leitura era bem mais agitada que hoje e eu chegava a ler até 5 livros por mês. Fiquei tão desanimada depois de ter que recomeçar o blog que isso acabou refletindo drasticamente nas minhas leituras.

Mas estou cansada de olhar pra minha estante e pro meu Kindle e ver tantos livros que quero ler lá parados, uns até esquecidos. E mesmo usando o Skoob e mantendo a meta de leitura e uma lista de livros lidos para me organizar eu percebi que só isso não era o bastante. Então, depois de perder muito tempo enrolada com tantos livros para ler e sem saber por onde começar, decidi fazer a minha TBR Book Jar.

Mas o que é uma TBR Book Jar?

Foto: Mi Libreto Rosa

O TBR Book Jar é uma abreviação da frase em inglês To Be Read, que traduzida para o português corresponde à lista de livros para ler, e as palavras book e jar significam, respectivamente, livro e jarro. Então, TBR Book Jar nada mais é do que um pote (ou qualquer recipiente) onde você coloca papeizinhos com os nomes de todos os livros não lidos da sua estante e vai sorteando qual você vai ler.

Percebi que eu, como futura bióloga e amante da natureza, não estava levando uma vida coerente com o que eu acredito e isso me fez questionar a minha relação com o meio ambiente e me fez sentir uma necessidade enorme de ter uma vida mais sustentável e consciente.

Já faz algum tempo que estou tentando consumir livros com mais consciência, reduzindo a quantidade de livros físicos que tenho e mantendo apenas livros que de alguma forma representam algo para mim. Pensando nisso adquiri um Kindle e passei a ler mais ebooks, mas justamente pela facilidade que é poder carregar milhares de livros em apenas um lugar, isso acabou saindo do controle e além de ter aumentado imensamente os meus gastos com livros (leia-se promoções da Amazon!) também TRIPLICOU a minha lista de livros não lidos. E é aí que entra a TBR Book Jar, porque ela vai me forçar a ler os livros que já estão acumulados aqui em casa antes de adquirir novos.

As únicas regras são:
  1. Não coloque livros que você não possui, afinal o propósito aqui é diminuir a lista de livros não lidos e não aumentá-la.
  2. Se comprar mais livros, adicione os seus nomes ao pote.
  3. Não coloque livros de amigos.
  4. Não trapaceie! Se você pegou um livro e queria ler outro, dê uma chance ao livro sorteado, afinal teve algum motivo que fez você querer lê-lo, não é mesmo? Sem falar que a única pessoa que você engana fazendo isso é você mesmo!
  5. Não coloque livros que possuem prazo de leitura, afinal trata-se de um sorteio que vai determinar qual livro será lido e se você tem parceria com editoras e autores ou pega livros na biblioteca pública, por exemplo, não há como controlar qual livro será sorteado.
  6. Se pegar uma continuação de uma série, sem ter lido o livro anterior, leia o primeiro livro da série e devolva o nome da continuação ao pote.
Adicionando as minhas próprias regras:
  1. Irei sortear pelo menos um livro por mês 
  2. Desapegar! Se a leitura não estiver me agradando e eu decidir parar de ler o livro, irei passá-lo adiante dando de presente para alguém, doando para a biblioteca pública ou sorteando aqui no blog.

Como tenho muitos livros não lidos (cof cof 117 livros físicos e 1404 ebooks no Kindle cof cof) ainda estou escrevendo os nomes dos livros nos papeizinhos para a minha TBR, então quando terminar faço um post mostrando como ficou. 😆

Esse post faz parte do BEDA (posts todos os dias de agosto) e para conferir os outros posts clique aqui.


BEDA #7 ♡ Coisas que me fazem feliz (e não são coisas) #2

segunda-feira, 7 de agosto de 2017
Foto: www.cheznoelle.com
Listar as coisas que me fazem feliz (e não são coisas) me deixou tão feliz que decidi transformar isso em hábito. É uma forma de sermos mais gratos com o universo ao nosso redor, além de nos recordar do que realmente importa na vida, não é mesmo? Fica a dica pra quem quiser relembrar das pequenas coisas que trazem felicidade pro nosso dia a dia. Faz um bem danado, viu!

O post original é do blog Chez Noelle (que está em hiatus) da Stephanie Noelle

  1. A comida da minha mãe (a lasanha que ela faz não tem nada que se compare!).
  2. Ver um bom filme me deixa feliz. 
  3. Reclamar no Twitter.
  4. Pinar ideias pra minha casa.
  5. Planejar o casamento.
  6. Festinha de criança (e aquelas comidas delícias!). 
  7. O sanduíche de frango defumado com cream cheese do Subway.
  8. Ficar horas jogando The Sims 4.
  9. Criar métodos e listas para organizar as coisas.
  10. Quando o mozão faz café da manhã pra mim.
  11. Fazer planos me deixa feliz. 
  12. Ouvir uma música que amo em lugares inusitados.
  13. Tomar banho quentinho num dia de cólica.
  14. Ganhar presente de alguém querido e ser exatamente aquilo que eu estava querendo.
  15. Ficar vendo gifs de gatinhos.
  16. Olhar o mozão dormir.
  17. Passar o final de semana vendo séries e filmes com o mozão.
  18. Ouvir versões acústicas de musicas agitadas.
  19. Receber comentários no blog.
  20. Deixar comentários nos blogs que amo.
E aí quais são as coisas que não são coisas e que fazem você feliz? Esse post faz parte do BEDA (posts todos os dias de agosto) e para conferir os outros posts clique aqui.

BEDA #6 ♡ TAG: Complete as frases

Vi essa tag no blog da Ana no BEDA do ano passado, salvei pra fazer depois e acabei esquecendo. E hoje é um dia ideal pra responder tag porque é domingo e porque eu estou extremamente cansada mentalmente para conseguir elaborar um post do zero (sim, estou fazendo o BEDA sem programar os posts, ou seja, estou escrevendo mesmo um post por dia.)
Vamo usar o BEDA pra colocar em prática as ideias esquecidas, né? 

Sou muito... perfeccionista. Nossa, se tem algo que me tira do sério e me perturba pra caramba é ver algo fora do lugar, ou desalinhado, ou desorganizado... Eu não sossego enquanto não ir lá e arrumar, e se eu não puder arrumar eu fico com aquilo na cabeça e acabo com todas as minhas unhas roídas.

Não suporto... preconceito e ignorância.

Eu nunca... acampei e morro de vontade! ME CHAMEM!

Eu já briguei... muito com as minhas irmãs, mas hoje a gente se ama.

Quando criança... eu adorava brincar de descer o barranco na caixa de papelão.

Neste exato momento... quero comer pizza.

Eu morro de medo... de ficar sozinha em lugares desconhecidos.

Eu sempre gostei... de livros. Tenho uma relação muito especial com a leitura e é uma das coisas que mais valorizo no meu dia a dia. Aprendi a ler aos 4 anos, e a lembrança mais feliz que tenho foi quando a minha mãe me levou na minha primeira feira do livro aos 5 anos. Depois disso lia tudo que aparecia na minha frente. Aos 11 anos recebi um prêmio no colégio por ter lido mais de 100 livros da biblioteca durante o ano letivo. Mas foi só aos 16 anos que pude comprar um livro com o meu próprio dinheiro, por isso tenho um carinho enorme por cada livro que tenho.

Se eu pudesse... Faria um casamento super intimista só com os amigos a família e amigos próximos. Mas a minha família é ENORME e provavelmente vai ser um super evento com gente vindo do interior, ônibus fretado pra levar o povo e muita gente que eu não gostaria de abraçar nesse dia.

Fico feliz quando... ganho chocolate.

Se pudesse voltar no tempo... não teria confiado tão facilmente em algumas pessoas.

Adoro... a blogosfera! Sério, acho que foi uma das coisas mais incríveis que alguém podia ter inventado.

Quero muito viajar para... Carcassone, cidade medieval do sul da França.

Eu preciso... ser mais confiante. Às vezes a minha insegurança me impede de viver muitas coisas.

Não gosto de... cebola. Detesto quando vou toda cheia de vontade comer alguma coisa e encontro cebola lá no meio. Perco a vontade na hora!

Esse post faz parte do BEDA (posts todos os dias de agosto) e para conferir os outros posts clique aqui.